segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Crítica - Superman: O Que Aconteceu ao Homem de Aço?

 
Este foi o primeiro quadrinho do Superman que li. Confesso que não gostava do homem de aço, o considerava um herói bobo e ingênuo. Até assistir ao filme “Homem de aço”, direção de Zack Snyder (também diretor do maravilhoso “Watchmen”, baseado na HQ de mesmo nome). A partir daí me interessei pelo herói e, assim que comecei a ler HQs, seus quadrinhos entraram na minha lista de próximas leituras.


Ele é o ser mais poderoso da Terra. O único sobrevivente de um planeta condenado, que fez da segurança de seu mundo adotivo o trabalho de sua vida.  Mas, apesar da batalha infindável pela verdade e pela justiça continuar até os dias de hoje, uma questão sempre assombrou sua brilhante lenda: como a história do Superman terminará? [Lá do Skoob]

O mais legal de tudo é que não fiquei perdida lendo essa história, o que geralmente acontece quando não se conhece a cronologia de um personagem da DC ou da Marvel. “O que aconteceu ao homem de aço?” é uma história fechada, fácil de entender e que cumpre muito bem o papel de entreter e divertir o leitor, seja ele fã/profundo conhecedor ou não do Superman.

O enredo se passa no futuro, muitos anos após o desaparecimento e suposta morte do Superman. Lois Lane concede uma entrevista para um jornalista do Planeta Diário contando os fatos que levaram ao fim do Homem de Aço. E é aí que começa o mote da HQ: é interessante perceber que, apesar de ser a criatura mais poderosa do planeta, Clark Kent sente medo, se angustia e falha. Quando todos os seus maiores inimigos se juntam para destruí-lo, em uma espécie de complô diabólico, Clark começa e ter um mau pressentimento sobre seu futuro.

Com um enredo primoroso do gênio Alan Moore, ótimos desenhos de Curt Swan (o desenhista definitivo do Superman) e cenas de batalhas épicas, esta é uma HQ imperdível para fãs do Homem de Aço e amantes de quadrinhos em geral.

[MUITO RECOMENDADO]
 
© 2014. Design por Main Blogger | Editado e finalizado por Guilherme e Carlos