segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Tirando a poeira de Marvels

 

No ano passado, a Editora Salvat iniciou uma coleção de Graphic Novels da Marvel, na qual lançaria as obras que mais se destacaram dos conhecidos heróis da editora. Uma HQ que desde o começo do projeto era uma das favoritas para aparecer na coleção é "Marvels", lançada originalmente em 1994 e que conta com roteiro de Kurt Busiek (Astro City) e arte de Alex Ross (Reino do Amanhã).

Dentro do Universo Marvel, heróis como o Homem-Aranha se balançam de telhado em telhado, enquanto os Vingadores voam bem alto nos céus. Essas figuras, abençoadas com fantásticas habilidades sobre-humanas, estão sempre prontas a combater os vilões que ameaçam seu mundo. Contudo, vivendo nas sombras desses ícones extraordinários, existem homens e mulheres que veem os "Marvels" com um misto de medo, descrença, inveja e admiração. Entre estes encontra-se Phil Sheldon, um fotojornalista nova-iorquino que dedicou sua carreira a cobrir os feitos desses superseres e seu impacto na Humanidade. [Sinopse retirada do Skoob].


Kurt Busiek consegue desenvolver uma trama fantástica e bastante inovadora. Desde o começo, vemos uma evolução bem realizada dos personagens e uma história que consegue se tornar cada vez melhor. Os principais acontecimentos do universo Marvel, como a chegada de Galactus á Terra, são mostrados de uma forma eficiente e sempre verídicos às versões originais. Busiek também fez um ótimo trabalho nos diálogos, que são bem feitos e são complementados com várias referências às HQs antigas.

Além de contar com um roteiro bem trabalhado, a revista possui uma arte impecável. Com traços originais e super-realistas, Alex Ross torna a arte de Marvels um espetáculo a parte. O artista desenha grandes heróis, como Homem-Aranha, o Quarteto Fantástico e os Vingadores até outros não tão famosos, como o Luke Cage. Mesmo com sua arte memorável, Ross soube respeitar as raízes desses ícones e por isso os personagens (principalmente os heróis) são parecidos com suas versões mais clássicas. Além disso, o desenhista mostra com mínimos detalhes todos os objetos e todas as paisagens que formam a trama.

A colorização também merece os créditos e acompanha a arte pontualmente. A revista é composta pelas mais diferentes cores que aparecem de acordo com a necessidade. No momento em que muitos heróis, como os Vingadores, estão em uma mesma página, as cores são mais fortes. Quando é a vez dos X-Men darem as caras, as cores ficam em um tom mais escuro. Devemos destacar também a bela edição da Salvat. A revista de capa dura possui um Prefácio bem interessante de Stan Lee, comentários dos autores e do consagrado John Romita e extras bem bacanas no final da obra.


"Marvels" é uma excelente HQ. Com um roteiro bem desenvolvido e bastante inovador e uma arte impecável, a HQ é sem dúvidas, um grande clássico. A leitura desta obra-prima se torna ainda mais interessante com a bela edição da Salvat, que vem fazendo um bom trabalho com o especial de Graphic Novels da Marvel.

[MUITO RECOMENDADO]
 
© 2014. Design por Main Blogger | Editado e finalizado por Guilherme e Carlos