domingo, 20 de julho de 2014

Tirando a poeira de Planeta dos Macacos: A Origem

 

Nossa maior descoberta tornar-se-á a maior ameaça para a humanidade quando um cientista (James Franco) na iminência de um grande avanço da medicina começa a fazer testes no chimpanzé César (Andy Serkis). Quando o chimpanzé desenvolve inteligência e emoções semelhantes às dos humanos, uma batalha épica surge para determinar a espécie dominante no planeta! [Sinopse retirada do Filmow]

Em 2011, dez anos após o "Planeta dos Macacos" de Tim Burton, "Rise of the Planet of the Apes" chegava aos cinemas. Dirigido por Rupert Wyatt (The Escapist) e com roteiro de Amanda Silver e Rick Jaffa, o filme se deu bem nas bilheterias e foi recebido de forma positiva por críticos e fãs da franquia.

Desde o começo, vemos que o filme será um recomeço da série. Neste aspecto, a produção funciona muito bem. O foco é no crescimento e na evolução de Caesar, que se torna um personagem muito importante e consegue ser o líder da revolução. A trama também explora muito bem a evolução dos demais primatas, que eram apenas animais comuns, mas se tornam inteligentes e passam a lutar pelos ideais de seu líder. Se os símios foram bem explorados, isso não ocorre com os personagens humanos. Com exceção de Will Rodman e seu pai, os demais personagens não receberam os devidos cuidados e são explorados superficialmente, como é o caso de Steve Jacobs (David Oyelowo).

Rupert Wyatt faz uma bela direção. Tudo bem que os humanos poderiam ser melhor desenvolvidos, mas isso não se torna um grande problema, já que o diretor soube explorar com perfeição Caesar e seus aliados em uma trama empolgante do começo ao fim, que não se torna enjoativa em momento algum. Wyatt contou com o bom roteiro de Amanda Silver e Rick Jaffa, que além de desenvolver uma história bacana, conseguiram adicionar referências bem legais, que fizeram todos os fãs da franquia relembrar os longas que marcaram o início da franquia lá no século passado.

A trama envolvente é acompanhada por uma ótima trilha sonora, que mostra o crescimento do protagonista de uma forma emocionante e está presente nos momentos tensos com extrema perfeição, graças ao bom trabalho de Patrick Doyle (Thor). A ambientação também é um ponto importante para o desenrolar da trama. A cidade de San Francisco (que pode até ser uma referência aos antigos) tem um sentido de ser a cidade escolhida, principalmente pela famosa Ponte Golden Bridge, onde acontecem uma das melhores sequência da produção.

Andy Serkis (de King Kong e Senhor dos Anéis) faz um ótimo trabalho ao interpretar, de uma forma perfeita, o simpático Caesar. James Franco e John Lithgow também fazem boas participações. Já outros atores, como Tyler Labine, fazem atuações apenas medianas e não se destacam. Como a maioria dos personagens é formada por primatas, devemos destacar a presença dos efeitos especiais, que funcionam bem com a técnica de motion capture e deixa os animais com características realistas. Os efeitos utilizados nas batalhas também são bons e utilizados na medida correta, sem exagerar em momento algum.


"Planeta dos Macacos: A Origem" é um ótimo recomeço para a franquia. Tudo bem que os personagens humanos poderiam receber um melhor desenvolvimento, mas já que o foco é mostrar a evolução dos símios, isso ocorre perfeitamente. Com uma trilha sonora bem feita e que dá o peso necessário ao filme e os belos efeitos especiais, a obra é o início de uma nova franquia que tem tudo para ser um grande sucesso nos próximos anos.

[MUITO RECOMENDADO]
 
© 2014. Design por Main Blogger | Editado e finalizado por Guilherme e Carlos