segunda-feira, 26 de maio de 2014

5 motivos para jogar FIFA 14

 

Em 1993, a EA lançou FIFA International Soccer, o primeiro game de uma das mais famosas franquias de futebol. A série foi se renovando a cada ano e teve que disputar com um forte adversário: o Pro Evolution Soccer, da Konami. Quase vinte anos se passaram e a EA Sports conseguiu fazer um jogo quase perfeito com o FIFA 12 e a partir dai deixou PES um pouco distante do topo.

Depois de fazer um dos melhores jogos de futebol, era difícil acreditar que a franquia pudesse se renovar novamente. Porém, a EA quebrou a cara de muitos e fez de FIFA 13 um game excelente, com poucos bugs, gráficos melhorados, boa jogabilidade e uma diversão inacreditável. A evolução também ocorreu na edição de 2014, que deixou o título um pouco menos divertido que os anteriores, mas muito realista.

#5. Narração de primeira


Thiago Leifert e Caio Ribeiro iniciaram as narrações para a franquia na edição anterior. No começo, a narração era fraca, com poucas frases, alguns erros notáveis e poucos jogadores tinham seus nomes falados. Agora, esta melhorou bastante, com comentários diversos que vão se atualizando ao longo dos meses e vários jogadores e times tem seus nomes comentados. Além disso, a narração se tornou mais dinâmica e conta com humor em algumas frases que combinam com o jogo.

#4. Grande número de equipes

Se você é daqueles que gosta de escolher equipes variadas quado joga com um amigo ou online, não precisa se preocupar. Com mais de 30 ligas (entre elas a "Liga do Brasil") e cerca de 600 clubes, você pode escolher times de campeonatos que vão dos países da América do Sul (como a Liga da Argentina e a Colombia Liga Postobón) até às competições asiáticas, como a Korea K League Classic. Além disso, há uma grande variedade de seleções e os lendários Classic XI e World XI, que reúnem os melhores jogadores presentes no game.

#3. Modos


Um dos fatores que mais me motiva a jogar FIFA 14 é a quantidade de modos que o jogo oferece. No Ultimate Team, que recebeu boas melhorias, você começa com um time com jogadores fracos e vai comprando pacotes de figurinhas para adquirir jogadores mais qualificados e montar uma equipe melhor. O modo Temporadas e a Copa Online também foram melhorados. Porém, a maior diversão do game está na Carreira. Você opta por ser o treinador ou jogador em uma equipe, podendo se transferir para outra ao longo da temporada. Apesar de manter a essência do 13, a Carreira recebeu atualizações pontuais e está bem mais dinâmica e divertida que no jogo anterior.

#2. Que golaço!

É verdade que a nova jogabilidade deixou o título menos dinâmico. Porém, com essa nova engine percebe-se, de forma mais concreta, as diferenças técnicas entre os atletas. Messi e Cristiano Ronaldo, por exemplo, fazem jogadas incríveis e gols espetaculares. Jogadores com nível técnico menor, por outro lado, terão uma dificuldade maior em dominar a bola e dificilmente farão aquele futebol arte. Os dribles e chutes (que estão mais variados) podem ser melhorados no  Modo Treinamento, que apresenta uma maior quantidade de minigames para seu aperfeiçoamento.

#1 Ótimo Simulador

FIFA 14 pode até não ser o jogo mais divertido da franquia. Porém, o game é um dos melhores simuladores de futebol dos últimos anos. Os contatos físicos entre os jogadores são bem realistas, assim como as características dos principais atletas. Há a possibilidade de os jogadores dominarem a bola com extrema perfeição ou não conseguirem dominá-la, identificando bastante a realidade. Além disso, há poucos bugs, que incomodavam bastante nas versões anteriores.


Se a franquia da Konami tem dificuldades para se renovar, a da EA se atualiza a cada ano que se passa de forma incrível. Tudo bem que FIFA 14 poderia ser tão divertido quanto o 13, mas ainda é um grande simulador e uma boa pedida para os fãs de futebol.
 
© 2014. Design por Main Blogger | Editado e finalizado por Guilherme e Carlos