domingo, 6 de abril de 2014

Os filmes do Capitão América - Parte 1

 
Você acha que o primeiro filme do Capitão América é aquele de 2011? Sinto muito, mas para analisar a carreira cinematográfica do herói precisamos voltar aos longínquos anos 1940, numa época em que o herói matava seus inimigos a sangue frio... e com uma arma.

A matinê de 1944


As matinês eram seriados que os cinemas exibiam antes dos filmes e o Sentinela da Liberdade ganhou sua própria em 1944. "Captain America" teve 15 episódios e sua trama era pouco parecida com os quadrinhos: o herói usava uma arma ao invés do escudo e sua identidade secreta era um promotor.

Há quem goste de ver matinês, mas para aqueles que não são acostumados com o estilo, advirto que é melhor passar longe. O começo é interessante, até que a história se prende a um vilão genérico e se arrasta até não poder mais. As cenas de ação e os efeitos tiram umas risadas descompromissadas, só não garanto que isso acontecerá durante todos os 244 minutos.

Se você resistir ao demorado primeiro episódio, provavelmente se interessará pelo resto. Caso contrário, terminar o seriado se tornará uma provação divina em que a recompensa é um lugar no céu (e digo isso por experiência própria). No mais, só serve para os reais interessados.

Os filmes para a televisão (1979)


No final da década de 1970, a CBS estava com os direitos do super-herói e produziu dois filmes a serem exibidos no mesmo ano. Há um grande preconceito a respeito destes e muitos se recusam a ver depois de dar umas conferidas nas notas. Mas quer saber? O primeiro é muito divertido.

Dirigido por Rod Holcomb e adaptado por Don Ingalls e Chester Krumholz, “Capitão América” é mediano. Assim como na matinê, a origem do herói é trocada, mas há boas desculpas e sua construção é bem sacada. Só não dá pra deixar passar aquele uniforme horroroso.

E em meio a sequências que se arrastam e planos demorados, há algumas cenas bem dirigidas. Como eu já disse, é um filme mediano e não é bom esperar por muita coisa, mas a música-tema é divertida e você já pode dar uma conferida nela aqui, coisa bem feita mesmo.


“Capitão América II” saiu no final de 1979 e foi dirigido por Ivan Nagy a partir do roteiro de Wilton Schiller e Patricia Payne. Ao contrário do primeiro filme, este aqui passa longe de ser divertido e é bem ruim no final das contas. O uniforme pode até ter sido melhorado, mas o plot principal não se sustenta.

E num balanço final sobre Reb Brown, ator responsável pelo papel do herói, digamos apenas que ele cumpre sua proposta. Quem viveu os anos 1970 ou tiver interesse em olhar os galãs da época verá que Reb se encaixa entre estes. Ou vai dizer que escolheram Chris Evans só porque ele era um bom ator? Se serve de consolo para Brown, ao menos ele foi o Capitão América mais bombado dos filmes.


-

Gostou da primeira parte desse panorama dos filmes? Clique aqui para acompanhar todo o especial. Não deixe de conferir!
 
© 2014. Design por Main Blogger | Editado e finalizado por Guilherme e Carlos