sexta-feira, 28 de março de 2014

5 motivos para ver Futurama

 


Criada por Matt Groening (de Os Simpsons), juntamente com David X. Cohen e lançada em 1999, Futurama narra as aventuras de Fry, um entregador de pizza congelado criogenicamente na virada do milênio apenas para acordar no ano 3000.

Incompreendido por muitos, o projeto paralelo de Groening que une comédia com ficção científica ganhou uma legião de fãs ao longo destes 15 anos, e mesmo passando por três cancelamentos (geralmente retornando alguns anos depois), ainda tem um lugar guardado no coração de quem já acompanhou. Listamos aqui cinco motivos para isso:

#5. Variedade



Cansado daquelas sitcoms animadas onde os personagens principais são uma família estado-unidense, com um pai idiota e filhos problemáticos, que geralmente critica o modo de vida americano? Com o mercado saturado das mesmas ideias repetidas incansavelmente ao longo das décadas, é necessário que haja um pouco de variedade. E Futurama está aí para nos salvar dessa mesmice: A história se passa na (Nova) Nova York do século 31, onde uma equipe composta por humanos, robôs, alienígenas e mutantes realiza entregas interplanetárias nas mais diversas sociedades. E não fica só nisso: a tripulação da Planet Express ainda enfrenta situações que vão de viagens no tempo até troca de sexo. Como já disse Katey Sagal, a dubladora da personagem cíclope Leela, "há um bilhão de histórias para se contar sobre o futuro".

#4. Referências nerds

Pra quem já está bem estabelecido no universo nerd, Futurama é um prato cheio. Com referências que vão da cultura pop de Star Wars e Avatar, até as mais refinadas como Além da Imaginação e 2001, não faltam homenagens pra agradar geeks de todos os tipos. Em alguns casos, inclusive, é indispensável ter um conhecimento prévio antes de assistir: quem nunca viu um episódio da série clássica de Star Trek, por exemplo, pode ter dificuldades em acompanhar as piadas do episódio "Where no Fan Has Gone Before", no qual até o nome faz referência ao seriado. Em outras palavras, Futurama é uma ótima forma de testar seu nível de nerdice.

#3. Ciência na ficção



E como não só de ficção se faz uma série ou filme de ficção científica, é essencial que se coloque um pouco de ciência no meio da trama. Os roteiristas de Star Trek sabiam disso, e Star Wars, bem... Já tentou uma vez (lembra dos midi-chlorians? Nem nós). Futurama, no entanto, exagera às vezes. Com um físico e um matemático na equipe de roteiro, alguns episódios levam o conceito de "cientificamente preciso" um pouco longe demais. Afinal, que outra série pode ser gabar de ter criado um novo teorema matemático?

#2. Enredos emocionantes



Segure as lágrimas. Dentre todas as séries animadas de comédia que existem por aí, esta é uma das poucas que você pode realmente se emocionar assistindo, e, dependendo do caso - como nos flashbacks familiares de Fry ou histórias envolvendo cachorros abandonados -  até mesmo, digamos, suar pelos olhos. E não são poucas as ocasiões, não. Se você é do tipo de que emociona com facilidade, vá preparando os lenços de papel.

#1. Construção dos personagens



Finalmente, uma das características que mais separa Futurama de séries similares é a forma como a personalidade e história de cada personagem evolui ao longo dos anos. Não raramente, um episódio ou mais em cada temporada é voltado exclusivamente ao plano de fundo de cada membro da Planet Express, além, é claro, de constantemente explorar as relações entre cada um. Ao fim da série, você não os vê mais como meros personagens criados para seu entretenimento: você os considera velhos companheiros de uma longa aventura.
 
© 2014. Design por Main Blogger | Editado e finalizado por Guilherme e Carlos